A esperança não é um sonho, mas uma maneira de traduzir os sonhos em realidade...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Your Castle



3 comentários:

CR disse...

Uma fotografia de sonho, Carlos. Parabéns.
Um abraço.

ligia disse...

Hoje fiz de conta
Que o mundo era meu
Quis pinta-lo alegre
Como eu
Mostrar a toda gente
O que estava a sentir
Como as coisas simples
Nos fazem sorrir

Ninguém vê
O dia a nascer
O amanhecer
Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos
No ar
E não há quem queira
Sonhar
Já ninguém pára
P'ra ver em vez de olhar
Já não há
Quem repare no luar

Hoje fiz de conta
Que tinha o mundo na mão
Quis que não fosse um deserto
De solidão
Toda gente corre
Sem saber
E passa pela vida
Sem viver

Ninguém vê
O dia a nascer
O amanhecer
Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos
No ar
E não há quem queira
Sonhar
Já ninguém pára
P'ra ver em vez de olhar
Já não há
Quem repare no luar

Agora, lá fora
O mundo não tem cor
Já não há
Mais canções de amor

Ninguém vê
O dia a nascer
O amanhecer
Ninguém vê
A vida acontecer

Nínguem faz castelos
No ar
E não há quem queira
Sonhar
Já ninguém pára
P'ra ver em vez de olhar
Já não há
Quem repare no luar

ruimnm disse...

Bonita composição.